• Perda Óssea Dental

    Todos nós queremos ter um sorriso bonito durante toda a nossa vida, mas não é tão simples e não é o que a maioria da população consegue, infelizmente. Não adianta querer ter os dentes saudáveis e não cuidar dos hábitos de higiene bucal.

    Quem não cuida bem de seus dentes, pode correr o risco de desencadear um dos maiores inimigos do sorriso bonito, a perda óssea.

    Para entender como a perda óssea se inicia, é preciso entender que a higiene bucal é essencial para evitar o acúmulo da placa bacteriana, que com o tempo, pode mineralizar se transformando em tártaro ou cálculo gengival.

    A placa bacteriana e o tártaro deslocam as gengivas da destruição das fibras que prendem o dente à gengiva, que em pouco tempo compromete a estrutura óssea que sustenta o dente, podendo causar sua perda. Este estágio avançado é chamado de doença periodontal (periodontite).

    Antes de a periodontite ser iniciada, existem alguns fatores que acontecem com a região bucal que já dão sinais de que se não forem tratadas, então sim se transformam em uma doença periodontal.

    O primeiro sintoma é a gengivite, que causa sangramento e inchação nas gengivas e já é um caso grave de má higiene bucal, mas que se não for tratada rapidamente, pode progredir até chegar ao extremo da perda óssea na periodontite e até mesmo na perda do dente.

    Existem outros fatores que podem causar a perda óssea, como fatores traumáticos, o traumatismo dento alveolar e ainda fatores de ordem sistêmica (doenças metabólicas, como o diabetes, o hiperparatireoidismo e as disfunções relacionadas ao metabolismo do cálcio).

    Também existem outras desordens locais, como o mau posicionamento dos dentes, hábitos nocivos, xerostomia, tumores e cistos odontogênicos. Mas o principal fator para a causa da perda óssea é a doença periodontal, como já citada anteriormente.

    O tratamento da periodontite visa evitar a perda óssea com a remoção de tártaro, ou senão pelo menos reduzir a sua evolução. Em casos mais graves, às vezes é necessário efetuar uma cirurgia. E é preciso verificar se não existe também nenhum agravante de ordem sistêmica.

    Agora, se a estrutura óssea já estiver perdida, é possível uma reparação dada por meio de enxertos ósseos, que é um tratamento utilizado quando um dente é perdido e o osso da boca encolhe,dificultando a colocação de implantes.

    O que seria o último recurso depois de ter menosprezado a eficiência da higiene bucal.

    Com o passar dos anos, normal que o paciente comece a ter menos ossos suportando seus dentes, mas esses problemas podem ser evitados com os bons hábitos de higiene bucal, que se seguido como orientado pelos dentistas, pode fazer com que uma pessoa chegue aos seus 80 anos de idade com os dentes ossos saudáveis.
    perda óssea pode interferir na qualidade de vida de uma pessoa, tornando o sorriso pouco harmonioso, o que causa o recolhimento desta pessoa do convívio social. Causando em algumas situações, casos de depressão aguda.

    É necessário realizar consultas frequentes ao dentista. E na clínica OdontoPonto, nossos dentistas realizam uma minuciosa avaliação de sua saúde bucal, para um melhor tratamento, caso seja necessário.

    Leave a reply →

Leave a reply

Cancel reply

Photostream